Atingindo seus Objetivos!

Tenho recebido vários e-mails pedindo que eu explique de forma prática sobre a Lei da Atração e hoje vamos ver de forma clara e bem objetiva esse tema tão discutido nos últimos tempos.

Vamos juntos fazer uma viagem para compreendermos a simplicidade da Lei da Atração.

Nós já sabemos que na Lei da Atração temos que definir o que queremos eliminar, as crenças negativas, visualizar, pedir e receber.

Até aqui tudo bem e, confesso, que essa é a parte mais difícil da lei da atração. Porém, a questão é saber o que fazemos com as emoções que estão dentro de nós e não transformamos.

Quero deixar bem claro neste momento que a lei da atração é uma questão de vibração e não de fé.

Vibração é tudo aquilo que você emite em relação ao que está pensando, sentindo, são suas atitudes em relação a determinadas situações e até mesmo aquilo que deseja e não está atraindo.

É muito importante gravar essa definição simples do que é vibração. Então vamos lá!

Quando você nasceu, nasceu com o conhecimento inato de que é você quem cria sua própria realidade. Você nasceu sabendo que é o criador da sua própria realidade e o desejo de fazer isso pulsar intensamente dentro de você. Mas quando você começou a se integrar na sociedade passou a acreditar no que as pessoas diziam sobre o caminho que você deveria trilhar.

Quando somos pequenos não gostamos quando as pessoas nos dizem o que fazer, não é assim? Mas ao longo do tempo, pressionados pelas pessoas ao seu redor, convencidas de que a maneira delas é melhor do que a sua e aos poucos você foi abandonando a determinação de criar sua própria vida. Passou a achar mais fácil se adaptar ao que os outros achavam bom para você do que descobrir o que era bom para si mesmo. Com isso você foi abdicando conscientemente de um conhecimento básico que é sua total liberdade de criar, mas apesar de ter se adaptado você continua tendo essa liberdade de escolha.

Podemos citar aqui como exemplo, o papai que sempre teve o sonho de ser advogado e por alguma razão não seguiu o caminho da advocacia e quando seu filho nasceu começou a dizer que seu filho seria um grande advogado. Ora, isso é o mesmo que dizer que os nossos filhos terão que pagar por nossas frustrações e até mesmo por não termos criado nossa própria realidade.

Se por alguma razão você decidiu ser advogado porque é o sonho do seu pai, pode ter certeza que dentro de você continua intacto o conhecimento da criação da sua própria experiência de vida, ou seja, a criação da sua vida depende certamente só de você.

Na verdade, é impossível renunciar verdadeiramente a ela; é por isso a causa de tantas insatisfações e sentimentos que contrariam a sua vontade, de tantas reações e atitudes que não lhe diz respeito, mas mesmo assim continua tendo. Se você tentar se adaptar às exigências e expectativas externas para não criar problemas, você tomou o caminho contrário a sua verdadeira existência.

Portanto pergunte a você mesmo: – O que eu quero?

Novamente a pergunta que escuto com mais freqüência é:

– Por que eu não consigo atingir resultados positivos sobre meus desejos?
Posso garantir a você que:

– Não é porque você não é inteligente o bastante;
– Não é porque não o deseja o bastante;
– Não é porque você não merece;
– Não é porque o destino é contra você;
– Não é porque outra pessoa já conquistou o seu prêmio.

Você ainda não conseguiu o que deseja porque está fixado no padrão vibratório que não corresponde à vibração dos seus desejos. Explicando melhor:

Pare por um instante e examine qual emoção dominante há em você agora: frustração, raiva, tensão, desânimo e tantas outras que podemos enumerar.

Essas emoções significam que seus pensamentos estão oferecendo resistência para você receber o que deseja. Porque essas emoções não correspondem aos seus desejos.

A lei da atração consiste em: coisas ou vibrações semelhantes se atraem. Se seu pensamento estiver focado na falta de algo é esta falta de algo que irá manifestar na sua vida. Aquilo que você está dando atenção emite uma vibração, essas vibrações correspondem aos seus desejos, seus pedidos e aqui encontra seu ponto de atração.

Se desejar algo que não tem, está concentrando energia nisso e, segundo a lei da atração, ela virá para você. Porém, se você concentrar sua energia no que quer você está vibrando e atraindo para você; porém, ao pensar no que você não quer você também está atraindo mais daquilo que você não quer para você.

Está claro?

Portanto, comece a perceber se você está permitindo receber o que deseja, se está concentrando sua atenção na posse do seu desejo ou na ausência dele.

Quando a vibração dos seus pensamentos corresponde aos seus desejos você se sente bem, suas emoções são:

– de contentamento,

– alegria,

– expectativa.

Mas se concentrar na falta do que deseja sentirá:

– pessimismo,

– desânimo,

– raiva.

– insegurança e depressão. Então, à medida que você toma consciência das suas emoções você estará identificando o processo de atração na sua vida e passará a entender porque as coisas não acontecem na sua vida do jeito que você quer.

Suas emoções oferecem o sistema de orientação e prestando atenção nele você será capaz de atrair tudo o que desejar na sua experiência de vida.

Quando você pensa em algo prazerosamente e planeja algo na sua vida você está numa vibração de atração, mas quando você pensa com preocupação você também está planejando, mas está indo no caminho inverso do que deseja, porém atraindo de qualquer forma, porque preocupar-se é usar a imaginação para criar algo que você não deseja.

Enquanto sua vibração não for diferente, esta tendência continuará a aumentar; quando sua vibração mudar, as coisas que correspondem a essa vibração também serão atraídas.

Quero deixar aqui um exercício para você sentir a emoção do que deseja:

Os nossos pensamentos sofrem resistências demais, portanto, quando pensar no seu desejo diga:

– Como será bom quando eu…(coloque aqui seu desejo) e sinta a sensação gostosa que esse pensamento traz… Esta sensação significa que seu campo vibrátil está atraindo o que você quer e é justamente aí que começa mudar sua sintonia para a realização.

– Vamos lá… exercite um desejo de cada vez e sinta sua vida transformar, mas lembre-se de estar atento às suas emoções.