Quando o passado te segurar, SOLTE!

Olá minhas queridas e queridos leitores;

Hoje estaremos falando sobre o Passado.

Ouço muitas pessoas dizerem que não conquistam um bom emprego, que não tem um parceiro ou uma parceira, que a vida não flui e são tantas queixas que nem preciso tecer mais comentários porque você já tem os seus, certo?

Daí elas vivem justificando que os relacionamentos não fluem atualmente porque lá no passado aconteceu, isso, aquilo e aquilo outro, ou que no emprego anterior o chefe era chato, insuportável, incompreensível e hoje o emprego atual também é chato e resumindo as queixas:

– sempre vai ter alguém ou alguma coisa para implicar e sacramentar o mesmo que viveu lá no passado.

Traduzindo tantas queixas, elas não conseguem desfrutar o presente por causa de algo que aconteceu no passado e você pode me perguntar:

– Como assim?

-Vamos lá compreender como o passado age na sua vida presente.

Muitas vezes alguém é humilhado, seja por um chefe ou por seu parceiro (a) e simplesmente decide naquele exato momento não responder por medo de perder algo. Porém, quando falamos em responder não é soltar alguns daqueles palavrões e sim argumentar ou então esclarecer o porquê e o que está acontecendo. Daí, o inevitável acontece:

-O sapo fica entalado na garganta, não sobre e não desce!. A partir deste momento a mágoa pode ser inevitável e como algo aconteceu no passado quando não tive determinada atitude, essas pessoas carregam a certeza de que acontecerá novamente.

O mesmo pode-se dizer sobre uma pessoa que em algum momento da sua vida teve uma atitude lamentável, fez algo que julgou ruim e não foi lá consertar a situação. Como fez algo que lamenta, está certa de que será uma pessoa má para sempre.

-Vamos aos exemplos clássicos:

-Como um dia alguém lhe fez algo, acusa essa pessoa por sua vida não ser como gostaria.

-Como numa antiga experiência foi maltratada, nunca esquecerá ou perdoará.

-Como não foi convidada para aquela festa dos seus sonhos, então hoje não se permite gozar a vida.

-Como na primeira apresentação em sala de aula se saiu mal quando falava, ficará eternamente apavorada cada vez que tiver que falar em publico.

-Como seu primeiro relacionamento terminou, não estará mais aberta ao amor e só irá atrair relacionamento já falidos.

-Como uma vez ficou magoada com a observação de uma pessoa não confiará mais em ninguém.

-Como era pobre quando criança jamais poderá ser uma pessoa bem-sucedida e quando tiver algum dinheiro terá de gastar para prevalecer sua crença.

O que frequentemente você pode recusar a perceber é que manter-se preso ao passado, não importa qual tenha sido e por mais horrível que tenha sido só magoa a si mesmo.

Você do passado, na verdade não se importa. Geralmente você lá no passado nem tenha consciência do que fez.

Você do presente é que está se machucando pelos atos que julga, porém lembre-se que lá no passado você fez o que sabia, fez como tinha que ser feito e se hoje você julgar qualquer que seja a situação do passado estará sendo cruel consigo mesmo. Portanto, aprenda a viver o hoje e tire o melhor proveito das experiências que viveu.

Lembre-se: o passado é passado e não pode ser mudado. O único instante que pode ser vivido é o de hoje, o seu momento presente. Mesmo quando reclamar sobre o passado, estará somente vivenciando a lembrança que tem dele neste momento e com isso perderá a real oportunidade do momento presente.

Agora, vamos soltar o passado?

-Permita que as lembranças sejam apenas lembranças, desprenda-se do envolvimento emocional ligado a ele.

-Para deixar que as lembranças sejam apenas lembranças, lembre-se de situações do passado em que não existe nenhum envolvimento emocional.

-Faça uma lista das coisas que está disposto a soltar:

-qual a intensidade de sua disposição para soltar o passado?

-você realmente quer se libertar?

-note suas reações, o que você terá que fazer para se libertar desse envolvimento?

-qual seu nível de resistência?

Muitas vezes se desprender de emoções, sentimentos, ressentimentos, e várias outras emoções, pode ser doloroso, mas sempre serão lembranças passadas e jamais voltarão.

Reflita:

Você acredita que deixar de desfrutar o presente por causa de algo que aconteceu no passado é seu destino?

Solte-se – Liberte-se e viva plenamente Hoje.

Eu Acredito em Você
Sandra Helen Trovo/Consultora em Desenvolvimento Pessoal e Profissional.